Pleroma heteromalla
Associação
Mãe-da-Lua
Início
Contato
Aves
Mamíferos
Flora

Galo-da-campina,
Cardeal-do-nordeste

Paroaria dominicana
Red-cowled Cardinal
Família: Thraupidae

Paroaria dominicana é monotípica, e endêmico do Nordeste (Hellmayr 1938).

Sinónimos: Loxia dominicanaLINNAEUS 1758;   

Galo-da-campina (Paroaria dominicana)
31/01/2006; Fazenda Canaã, Pentecoste, Ceará, Brasil. Lente 200 mm f2.8.

Figura 1. O galo-da-campina é também chamado cabeça-vermelha. Se alimenta de sementes, e também gosta de frutas. Aqui, come cirigüelas, numa árvore no quintal da case sede da minha (ex)fazenda. Rudolpho Von Ihering considerou este passarinho "... juntamente com o 'concriz', o mais belo ornamento vivo da região" (Von Ihering 2002, p. 230). ('Concriz' é o corrupião.)

Hábitat e endemismo: O galo-da-campina ocorre em áreas semi-abertas, fazendas, jardins, etc. Na RPPN Mãe-da-Lua, por exemplo, Paroaria dominicana é comum ao redor da minha casa e perto dos açudes, que são ambientes semi-abertos. Ainda não vi este pássaro na Caatinga arbórea ou em outros tipos de floresta. Isso é mais ou menos de acordo com a descrição do hábitat em Ridgely and Tudor 2009. Como espaços semi-abertos são muito comuns no Nordeste, pode-se supor que neste caso, destruição de hábitat não é uma ameaça.

Paroaria dominicana é um taxon endêmico do Nordeste, mas não da Caatinga. Notei a espécie em terrenos agrícolas do Cerrado no Piauí, e na literatura, há vários registros provenientes de áreas do Nordeste que não são Caatinga, veja por exemplo Farias et al. 2005.

Conservação: Em muitíssimas casas nordestinas, há pássaros silvestres em cativeiro. Esta prática deploravel faz parte da cultura sertaneja. Assim, galos-de-campina em gaiola são uma visão comum, e em muitas áreas, a espécie já está bastante decimída (Ridgely and Tudor 2009).

Na feira de Itapajé, cada sábado, há uma seção onde se vendem aves silvestres, com ou sem gaiola. Este comércio é proibido por lei, mas continua abertamente, diante os olhos da polícia, das autoridades e do público em geral.

Cantos e chamadas: Confira nossa páginas sobre os cantos e as chamadas do galo-da-campina.

Início da página
Galo-da-campina (Paroaria dominicana)
12/06/2005; Fazenda Canaã, Pentecoste, Ceará, Brasil. Lente 200 mm f2.8.

Figura 2.

Início da página
Galo-da-campina (Paroaria dominicana)
01/03/2008; RPPN Mãe-da-Lua, Itapajé, Ceará, Brasil. Lente 300 mm f2.8.

Figura 3. Os "cabeças-vermelhas" jovens têm a cabeça marrom. Rapidamente adquirem o tamanho adulto, e nem todo mundo percebe que eles são imaturos. Até ouvi pessoas dizendo que os castanhos devem ser as fêmeas.

Início da página