Pleroma heteromalla
Ipomoea hederifolia
Reserva
Mãe-da-Lua

Espécie anterior Próxima espécie

Caburé-acanelado

Nome científico: Aegolius harrisii
 — Família: Strigidae
Subespécie local: Aegolius harrisii iheringi, distribuído no Brasil central e oriental e em paises vizinhos.
Bibliografia: Cory 1918, p38; Holt et al. 1999
 Caburé-acanelado (Aegolius harrisii)
12/02/2012; Reserva Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Figura 1.

Encontrei o caburé-acanelado Aegolius harrisii na RPPN Mãe-da-Lua pela primeira vez em junho de 2011, em uma área de Caatinga secundária na planície da reserva. Em fevereiro de 2012 procurei-o de novo e tentei atraí-lo com playback durante as madrugadas de dois ou três dias. Inicialmente, não houve sucesso, mas, finalmente, no dia 11 de fevereiro de 2012 achei o Aegolius harrisii perto do lugar onde o tinha notado em 2011. Respondendo ao playback, o caburé-acanelado posou em um ramo a 3-4 metros de distância de mim e cantou (Figura 2).

No próximo dia, saí para fotografar o caburé-acanelado. Desta vez, achei a ave (talvez outro indivíduo?) em uma área diferente, cerca de 1000-1200 metros distante do primeiro lugar. Mais uma vez, o hábitat foi Caatinga arbórea secundária na planície da RPPN, e o horário foi entre as 4h15 e as 5h00 a.m., antes do amanhecer. Foi fácil atrair o Aegolius harrisii com o playback, eu fiz várias fotos de uma distância de 7-10 metros, usando uma lanterna e o pequeno flash embutido da minha câmera Canon 20D para iluminar. Agradeço ao Raimundinho pela assistência.

Existem pouquíssimos registros do Aegolius harrisii na Caatinga sensu stricto (veja o mapa de distribuição do wikiaves). No entanto, não é claro se o caburé é realmente tão raro, ou se a falta de registros pode ser explicada pelo comportamento discreto da ave durante a maior parte do ano. De qualquer maneira, o hábitat de Caatinga arbórea secundária no qual achei Aegolius harrisii, não é tão extraordinário.

Início da página

Sonogram of song of Buff-fronted Owl (Aegolius harrisii)
11/02/2012, 05h15. Reserva Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Som h1665.

Um caburé-acanelado posou em um ramo a 3-4 metros de mim e cantou durante quase dois minutos antes de voar para uma árvore mais distante. A vocalização consistiu em 11 repetições de uma frase como aquela mostrada na figura, mas com variações e pausas de vários segundos entre as frases. As flutuações da amplitude do som são típicas para Aegolius harrisii e podem ajudar na identificação da espécie.

Também: Micrastur ruficollis.

Início da página